Milhazes, desculpa a Rússia do Atlântico.

 

A imagem que envio e a citação é do JM (link)

T odo santo dia vemos chico-espertismos na Madeira, uns dão certo e os promotores riem-se dos outros, mas para alguns não dá certo e tenho a certeza de que, todas aquelas figurinhas de novela a olhar para  a Lua do campo do Nacional não chegam para a força de alguns. Milhazes é força da vida vindo do nada, respeito!

Não bastava a Feira do Livro (um pouco de "luz" numa rua da cidade) ter sido acometida da doença súbita da censura e os livreiros sugerirem que venderam pouco, se calhar os madeirenses leem pouco ou a feira de betoneiros não teve boa organização, só nos faltava mais esta!

O homem já padeceu para aqui chegar com a TAP (link) e depois leva com um vinho que, à conta da sua imagem, custa 27,30 euros. Portanto, mesmo de boas maneiras como convidado, a Madeira fez Milhazes perceber que somos a Rússia do Atlântico, com todos os tiques até o da censura mais o "rebranding" de marcas ... não me digam que é vinho seco!?

Fiquei surpreendido e indignado ao ver a utilização abusiva da minha imagem numa garrafa de vinho. No nosso país não pode valer tudo para ganhar dinheiro, sem olhar às pessoas. Um amigo enviou-me esta foto que me deixou triste. Informo todos os amigos e leitores de que nada tenho a ver com iniciativas comerciais e muito menos com publicidade de álcool. EU NÃO DEI AUTORIZAÇÃO! Aliás, nem ma pediram. (...) Acabo de receber a confirmação de que este vinho está a ser comercializado na Madeira, mais precisamente, na Calheta. E custa 27,30 euros. Vergonha”

Somos "sedentos" de pessoas com valores, volta sempre.

Enviado por Denúncia Anónima.
Segunda-feira, 13 de Junho de 2022
Todos os elementos enviados pelo autor.

Adere à nossa Página do Facebook (onde cai as publicações do site)
Adere ao nosso grupo do Facebook: Ocorrências CM
Segue o site do Correio da Madeira