Sobre o ruído da salubridade


B om Dia CM, não sei se é cedo para vos enviar este texto mas se eu estiver errada volto a escrever. Acabo de ver um vosso texto sobre ruído (link) e eu já escrevi para o CM a denunciar o ruído das recolhas de lixo na madrugada no Funchal, até de vidro. Habitações e blocos de apartamentos estiveram sujeitos durante 8 anos na zona hoteleira a esta loucura, foram os que contei desde que me mudei para cá. É impossível um camião de lixo com o ruído do motor, do basculante, das tampas dos caixotes a abrir e fechar, dos caixotes jogados em ritmo de pressa, de portas metálicas a abrir e a fechar, a fazer eco na noite e os cães a latir, não acordar toda gente. Muitas vezes o ruído potencia-se entre dois prédios, que fazem eco, o ruído vem lá de baixo a ecoar por todo prédio em altura.

Escrevo porque quem deu 8 anos de vantagem, que se queixou e esperou sem nada ver, tem autoridade para que verificando alterações numa semana tenha que estar contente, mas a ver vamos, parece que as horas de recolha do lixo alteraram, e temos conseguido dormir sem interrupções. Milagre. Como foi possível senhora Idalina! Quem tem o pelouro da Salubridade e do Ambiente na novel CMF é a vereadora Nádia Coelho, minha senhora, se estou a constatar bem, os parabéns, se foi um acaso ou por causa do "hotel"... aproveite a boleia!

Enviado por Denúncia Anónima.
Quinta-feira, 21 de Abril de 2022
Todos os elementos enviados pelo autor.

Adere à nossa Página do Facebook (onde cai as publicações do site)
Adere ao nosso grupo do Facebook: Ocorrências CM
Segue o site do Correio da Madeira