O PSD destruiu o Lugar de Baixo


P or estes dias, na Ponta do Sol, tem andado uma equipa de sondagens. Para além da sacramental pergunta para apurar o sentido de voto nas eleições do próximo dia 26 de Setembro, que opõe, entre outros candidatos, Célia Pessegueiro (PS) e Gualberto Fernandes (PSD), a equipa de sondagens tem perguntado sobre a Marina do Lugar de Baixo.

E é aqui que queremos chegar. O Lugar de Baixo. O mesmo sítio que nos últimos anos tem sido fustigado pelas intervenções ruinosas e nefastas de um Governo PSD.

Uma marina que destruiu uma das mais belas praias da Madeira, toda a sua fauna e ecossistema envolvente. Um verdadeiro atentado ambiental onde foram gastos centenas de milhões de euros. Ainda hoje o local parece um campo de guerra, a fazer lembrar uma faixa de Gaza, coberto de tapumes, poeiras, ferros e tantos outros destroços.

E o que fez o PSD para reparar este mal? Tapumes e tapumes. Tudo para tapar os olhos do povo. Empurrar para debaixo do tapete é resolver.

Chegada a altura de eleições, sejam regionais ou autárquicas, surgem as promessas vãs. De que vão ouvir as pessoas. De que vão arranjar uma solução conjunta com a população. Promessas...

E o que prometerá o candidato do PSD vindo do Funchal? Senhor Arquitecto, em tantos anos de Assembleia nunca ouvimos uma proposta sua para a Marina do Lugar de Baixo. Será desta? Que solução fantástica iremos ouvir da sua boca?

E, pior, o que dizer da lagoa do Lugar de Baixo. Uma das mais belas da região, que agora está transformada num esgoto a céu aberto. Cheia de cana vieira e lixo. Um local propício a pragas e doenças. O PSD destruiu. E não terá também uma solução? Senhor Arquitecto, ajude-nos, estamos ansioso para ouvir a sua promessa para o local.

PUB: dê LIKE na nossa página do Facebook (link)
Enviado por Denúncia Anónima
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2021 14:57
Todos os elementos enviados pelo autor.