Jardim com óculos de ver ao longe

 

A lberto João Jardim é o único responsável pela situação que vivemos hoje em dia na Madeira e parece que, enquanto não houver derrota copiosa no PSD Madeira, nada muda, até porque tem um ego enorme e nunca reconhecerá o estado da situação.

Dívida astronómica, impostos a mais para pagar, pobreza galopante, demografia a definhar, economia anémica antes e depois do Covid-19 e o "assalto final", o mais completo desrespeito pelo mérito num poder transferido para DDT's e toda a prole de tachistas, onde cada um se acha mais mandante do que o outro e enveredaram por uma postura de ameaça na função pública, sobre todos aqueles que não se equiparam sendo do PSD Madeira. A Madeira do Único Importante e agora dos muitos, não ganhou força própria apesar de décadas de subsídios europeus e, mais uma vez, vive de mão estendida. A Madeira não é resiliente porque cresceu para as obras e não para o conforto das famílias, daí o desastre demográfico. Para Alberto João Jardim a Madeira é de sucesso se o PSD-M mantiver o poder, sob quaisquer circunstâncias, mesmo "matando" o seu povo. 

Alberto João Jardim escreve para fora e ataca o PSD nacional, para entusiasmar as tropas locais quando estamos isolados e dependentes do Presidente da República para falar? Os métodos de Jardim, do insulto, ao pé destes mancebos da política, sem qualquer jeito, recebem desprezo, não são credíveis nem de confiança. Poderão pintar o que quiserem pelos jornais locais mas de fora ... "não há pachorra".

É impressionante o débito de asneiras de Alberto João Jardim, "continuando o primeiro-ministro um colaboracionista do fascismo comunista", agora o Partido Comunista tem que passar a fascista para encobrir Miguel Albuquerque a receber o Chega na Quinta Vigia? "O PSD nacional tem que mudar já", se este contem a Madeira confirmo. Seria bonito termos na República um governo de Passos Coelho numa altura de crise, para voltar a insensibilidade social. Venda isso aos Miras tapadinhos. Alberto João Jardim não sabe quem virá se candidatar "exterminando" Rui Rio? Seu, afinal, amigo Passos Coelho. Acha que o PSD nacional está mal? Não queira saber o efeito Passos assim que se assome à liderança do PSD Nacional, ainda para mais com seus amigos da Renovação. Alberto João Jardim não deve andar bem da cabeça, afinal não é contra eles mas sim a favor de qualquer forma de poder nas suas mãos.

Alberto João Jardim, perante o estado do seu partido é um egoísta, um sectário e um abusador da realidade, sempre a desenhar complots e a inventar tretas para enganar eleitores. Enquanto der para os seus não vê qualquer razão para mudar esta insustentável Madeira a vários níveis, procura conforto para a manutenção desta roubalheira regional. Ele não vê nada? A sua mesa é farta! É demasiado orgulhoso para ver que refinar o seu modelo é o fim da Madeira.

É melhor se ficar pelos romances!

Enviado por Denúncia Anónima
Segunda-feira, 17 de Maio de 2021
Todos os elementos enviados pelo autor.