Quinta Vigia recebe a sua primeira Estrela Michelin !

 

O melhor Restaurante da Madeira

H oje os jornalistas idóneos do Correio da Madeira estão eufóricos! E não é que foram convidados para ir ao Restaurante Quinta Vigia do famoso Chef Medeiros, galardoado com mais de dez melões de ouro, foi o Eduardinho que tratou disso, tem muita experiência.

Para não fazer feio, os jornalistas do CM tomaram banho e foram ao Google para saber como usar os inúmeros talheres. Até o Chefe de Redação, que não toma banho há duas semanas, fez a barba e limpou a cera dos ouvidos com dois cotonetes seminovos.

Segundo o convite, a entrada era melão com presunto curado em salmoura da Zona Franca. O prato de peixe seria Dourada escalfada salteada em esteroides frescos e o prato de carne uma especialidade do Chef, um fantástico Arroz de pato com laranja azeda, tudo regado com um Jaqué Reserva de 2002 das caves de uma Quinta do Arco de São Jorge. A sobremesa era gelado de Banana e Anona flambê, ligeiramente queimada a 350ºC. Como digestivo, o Chef recomendava um Licor de Ginjas envelhecido em pau de louro. 

Sem perder tempo, os jornalistas famintos do CM saltaram todos para cima da trotineta elétrica e lá subiram a Avenida do Infante, parando no SUSHI porque esta coisa de restaurantes finos, o melhor mesmo é comer alguma coisa antes, porque é sabido que os pratos são sempre mal servidos.

Depois de devorarem dez Inarizushi e de um rápido Saké, lá se dirigiram para a porta do Restaurante mas, quando lá chegaram, foram surpreendentemente barrados porque o Restaurante já estava cheio.

Segundo o porteiro, na mesa dois estava o Presidente da Junta do Arco da Calheta, na mesa 3 o Presidente do Estreito da Calheta a convencer o da Fajã da Ovelha a fechar os olhos aos terrenos roubados. Na mesa 4 estava o Presidente do Curral das Freiras com o de São Vicente a se queixar que também devia haver uma estrada no Curral para a Boca dos namorados, com extintores, por causa dos incêndios. Na mesa 5, num cantinho, estavam o Presidente da freguesia da Ilha, com o do Faial e São Jorge sem perceber muito bem o que ali estavam a fazer. Na mesa 6 estava Valter Correia a comer sozinho como se não houvesse amanhã, e finalmente o Presidente do Governo na mesa 7 a apalpar uma assessora por baixo da mesa. Nunca viram esse tipo de carne no placard do talho?

Chateados, os jornalista do CM pediram o livro de reclamações mas o Chef Medeiros, vestido a rigor com o seu lacinho, veio à porta informar que infelizmente a Sissi tinha comido o livro todo pensando que era Trufas.

Ainda com fome, porque os jornalistas idóneos contavam com o mata-bicho da Quinta Vigia, foram verificar as instruções da trotineta eléctrica a ver se aguentava com uma pizza cada um na zona velha, bingo! Enquanto esperavam para finalmente poder comer decentemente, repassavam as notícias no telemóvel, qual não foi o espanto que o JM informava que a Quinta Vigia tinha ganho uma estrela Michelin, notícia assinada pelo Chef Medeiros que passou na censura apesar de ser mentira.