Está tudo legal, estranho é pender para os mesmos ... há décadas


Link da Notícia

Os outros nunca têm qualidade e são inferiores,
desde que não se dê a mínima oportunidade de provar o contrário.

Pela necessidade permanente de agradar, superficialmente, e de controlar cada vez mais pelas necessidades básicas das pessoas, eu diria que o poder não se sente forte. Estes episódios só confirmam, estar acusada na vice com uma parte de saco azul não chega. Ninguém é tolo para se deixar nas adendas ao ordenado, como anda a fazer o Governo Regional com a plebe, mas não paga, só promete na maioria dos casos, uma forma de incutir o silêncio atrás da cenoura. Depois, vindo uma crise pode ser tudo retirado por necessidade imperiosa de gestão ou alimentação das clientelas partidárias. Os complementos podem ser retirados a qualquer hora, e se for gerido como prémio e castigo, ao estilo autarquias se forem ou não da oposição, estamos mesmo a ver ...

A Renovação é de facto um Povo Superior, nas Finanças, entre 902 candidatos, sem saber de mais nomes, de onde vêm, formação, a sua experiência, categoria e carácter, sabíamos que, constando alguns nomes, à partida estes deveriam ser os favoritos. É o "cunhameter", um Jorge no Cume de Dante. Estamos tão massacrados pela "lógica", que se houvesse casa de apostas era melhor não tentar apostar na surpresa para ganhar mais porque a lógica é apostar sempre no que ganha e ir ganhando muito pouco: migalhas.

Quiçá a mais recente aposta seja assim, vai render pouco mas segue a lógica do completo controlo democrático da República das Bananas. Tribunais de contas ou outros, caridades e IPSS partidárias, cunhas e preferências, cooperativas e associações para tudo e nada, governo e capelinhas, segurança social de perdão aos ricos da divina graça e segurança social para pobres, levas as migalhas, com mais burocracia para menos do que os ricos que nem se mexem.

É tudo deveras estranho mas, ninguém ousa com medo, década a década, se queres viver cá baixa a bola porque o mercado, qualquer que seja, esse sim está completamente controlado de viva chama a mando dos seres superiores, os eleitos e não eleitos à cabeça dos banquetes.


Sobre estes fenómenos do Entroncamento que por aqui sucedem à hora, diria que há séculos atrás uma nave espacial aterrou no planalto do Paul da Serra e despejou os primeiros humanóides a quem deram nomes de descobridores (é uma história mais bonita do que presos do Algarve) com uma narrativa a difundir pelas gerações vindouras. É uma história igual a vendida na Coreia do Norte mas muito mais subtil, tem mais famílias Kim por hectare quadrado, 7 famílias dominam no rochedo, tudo envolto numa democracia condicionada em que o povo, com medo e pobre, adora sem sacrifícios de cordeiros mas promete ser bufo e seguidista. Vota nos mesmos e os eleitos dizem que foi democracia, nunca uma ameaça consubstanciada. Γεώργιος Α. Τσούκαλος, Giorgio A. Tsoukalos para os amigos do esotérico e transcendente, um grego nascido na Suíça, algum dia aparece cá, sente-se energia alienígena, mas talvez venha de nave espacial porque aviões e ferry desapareceram.

No meio da "verdade", do esotérico e da cunha, os lambe-botas virão com ... lá estão os que gostam de desestabilizar a "verdade" lançando dúvidas, boatos e conspirações. Naturalmente vão perguntar mas não pode? Claro que sim, até porque a vitória dos mesmos só pode ser um resultado de Povo Superior Alienígena.

O estranho é encontrar o padrão durante décadas, são sempre os mesmos a evoluir e não a sociedade madeirense, a ela só está reservada a pobreza para a adoração e a caridadezinha. É haver hotéis mamutes porque dão emprego.

Quero dar os parabéns à senhora pelas suas qualidades profissionais, se a renovação cair, a família prossegue o sucesso, agora mais independente, sem precisar do partido laranja nem dos caminhos que trilhe. Apetecível a novas gerações de poder, custa pouco mudar de casaca com um cargo desses. Nada como um vínculo robusto nos ordenados mais apetitosos, com prémios na função pública como mais ninguém tem, nem enfermeiros ou médicos numa pandemia.

Os restantes 902, feitos parvos, devem rumar ao estrangeiro para serem elogiados lá fora, com sorte pelo ninho de cucos britânico agora domesticado. Assim os jornais locais ficarão autorizados a destacar as qualidades dos outros (preteridos) sem afectar a suprema casta superior da Madeira. Acho até que se deveriam candidatar a instituições europeias, que investiguem a lavagem de dinheiro para começar pela Madeira, dar trabalho e prazer aos melhores da terra do Povo Superior.

Link da Notícia
Link da Notícia













Acredito piamente que se os reais impostos desta região fossem cobrados, os madeirenses não andavam com a sensação de que vão pagar de novo a crise por mais conversa mansa a dizer que não. Não há outra receita, mas os abusadores nunca são colhidos e ainda manifestam moralidade e honra defendida em tribunal ... prova?! Nada melhor do que proteger com uma ponta de lança nas finanças protegida como o Ventura ou o Manel ...

Estive a pesquisar no vosso Youtube e gostaria de relembrar um episódio que nunca foi esclarecido para avaliar a cabal idoneidade de uma pessoa que vai entrar no fisco e saber da vida dos outros. Pelo menos nunca mais vi notícias. Até prova em contrário a imaculada progride, os outros sem registo foram piores. Este https://youtu.be/lYvYMG3is3o e este https://youtu.be/k8rSAauVVnI incluam por favor.



Enviado por Denúncia Anónima 
Terça-feira, 5 de Maio 2020 14:28
Todos os elementos enviados pelo autor.