O Cavador de Trincheiras


Este excelência (com minúsculas), com cagança a mais e conteúdo a menos, que arrota postas de pescada por tudo quanto é sítio permitiu-se, e com a pouca vergonha que o caracteriza, arrotar, no dia do concelho de Câmara de Lobos, um ridículo discurso de auto elogio.

Na dita conversa, para boi dormir, disse ser “ponte de entendimentos e de boas ações”. É de perguntar quando, como e onde? Ponte, sim, de malfeitorias apoiadas pelos capangas que o rodeiam. Cavador de trincheiras e coveiro do PSD é o que é. O cavalheiro tem a desonestidade sediada num escritório de advogados onde, camufladamente, participa, embora o alto cargo que ocupa o obrigue à exclusividade permanente.

É um farsante perigoso que devia chamar-se Torquemada - o grande inquisidor dos reinos de Castela e Aragão no século quinze porque, efetivamente tem procedimentos e tiques de inquisidor. Faz do cargo que ocupa instrumento de medo e perseguição aos seus subordinados.

É este tipo de gentalha que está a dar cabo do PSD Madeira. Esperemos que seja um dos que vai para o estaleiro a que, Alberto João, se referiu recentemente.

Enviado por Denúncia Anónima 
Sábado, 05 de Outubro de 2019 22:31
Texto e título enviados pelo leitor. Ilustração CM.
Share on Google Plus