Neo-tachismo: de cavalo para burro

O "Povo Livre", jornal oficial do PSD Madeira jocosamente conhecido por Jornal do Miguel mas que oficialmente leva a designação de JM, tem posto cá fora os seus conhecimento em matéria da desorganização do desgoverno para arranjar o enclave CDS que vai dar votos para o PSD não cair ainda. Se ainda está por conhecer a extensão dos estragos com a distribuição dos poderes, de forma aloucada, já se pode falar de ressabiados e de perdedores na Renovação.
Link da Notícia
Tranquada Gomes, depois de levar um mandato a canalizar as suas influência para o Gabinete de Advogados de que era completamente "alheio", diz que agora vai dar a cara pelo mesmo, até porque indo para a Empresa de Electricidade da Madeira ganhar muito mais, é homem que delira com o estatuto e ficaria subordinado a um secretário. Ter ar de importante é ... importante e depois daquele livrinho onde se mostra homem do povo não pode perder a compostura de estadista do tipo tira-se do congelador e mete-se no micro-ondas. Era passar de cavalo para burro com um bom ordenado. Xeque-mate a um general sem utilidade na Renovação, nestes momentos vê-se a força eleitoral de cada um e a importância no partido. Deve ter sido doloroso estar nas mãos de Jaime Filipe Ramos, Medeiros Gaspar e Pedro Calado durante as negociações. Dois inúteis e um que quer limpar as sombras para atingir o estrelato do partido e da governação
Link da Notícia
Rita Andrade estará bem em qualquer lugar, desde que desfile os xailes, o saco de boxe tem aquele sorriso de Paulo Cafôfo, muitas vezes desenquadrado da realidade. Como também é inconsciente, ainda aceita um cargo para se queimar à partida, até porque são precisos um par deles bem pretos e porque o PSD vai continuar a privatizar a Saúde e a tratar pessimamente mal os madeirenses, em prazos e na qualidade de serviços médicos. Valha-nos a comparação com a Venezuela para tudo parecer menos mal.
Link da Notícia
Quem não se lembra do "brutal" embevecido com a obra megalómana de verter betão para facturar no túnel falso. Das confusões em áreas a seu cargo e daquele final apoteótico de não saber como sair do roubo descarado de inertes das ribeiras. Ficou de caras visível que obras na Madeira é um escândalo. Concursos combinados, preços exorbitantes, sub-empreitadas pelos vencedores e roubo de parte do material que é propriedade de todos e que o Governo deveria defender para depois comprá-lo aos meliantes. Quem não enriquece. Os DTT não lhe deitaram a mão? Tal como subiu vertiginosamente sem qualidade à conta de muitas cunhas, agora prova uma situação em que soube pela RTP que não iria ser secretário. Será que percebe que só chegou lá por ser fraco e descartável? Levou com as culpas. Sem nada para fazer, é um ícone do tachismo, aceitará qualquer coisa.
Link da Notícia
A Cabaço por onde passa escabaça. Corrida de forma abrupta de um organismo do Governo ... por não saber bordar yo ... depois teve alguém a alertar o "alucinado" de que estava a meter o pé na poça e não poderia ser tão bruto com a mulher de um engenheiro do seu patrão nas inaugurações. Redimiu-se e ofereceu uma secretaria da qual não percebia pevas, enterrou-se por falta de capacidade e porque a conjuntura foi ruim mas em nenhuma altura brilhou. O máximo que conseguiu foi forjar estatísticas e combinar com os hoteleiros (mais chegados ao poder) uma recreação sobre a real situação do Turismo na Madeira. Quando aqueceu, eles fugiram, e companhia atrás de companhia deixou de voar para a Madeira soando a ridículo a manutenção dos valores com menos lugares e turistas. Vai sair com a antecipação da instalação das iluminações de Natal para a tradicional barraca e falcatrua, à revelia do tribunal. Todos os anos a mesma coisa!

O que vai fazer? Olha, o que vier aceita-se. Portos é um excelente lugar para carne de canhão, minado pela outra halloween e porque aí vem o CDS e o PSD domesticados por aquele que compra todos os partidos da área de poder para aumentar o monopólio. Se deste halloween estamos falados, para onde vai o outro? Neo-tachismo puro, de cavalo para burro mas se tiver mais uns tostões ao fim do mês não está mal, perceba de bananas, saúde ou portos ... ou não. Deixem-se de *****, venha o tacho que isto não é meu!

Enviado por Denúncia Anónima 
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019 13:59
Texto, título, recortes e links enviados pelo autor.
Share on Google Plus