Fotografia


"Tirei-te a fotografia" muitas vezes significa "eu já sei o teu verdadeiro carácter". A determinação de Albuquerque pode ser avaliada com a indicação antes do prazo da composição do seu Governo. Alguém teve medo que Albuquerque (quiçá o próprio) não conseguisse resistir às muitas pressões para indicação dos membros do GR, pelo que forçou a sua indicação antes do prazo.

A "fotografia" dos novos secretários regionais será tirada pela manutenção ou não dos dirigentes das orgânicas que tutelam. O caso mais grave é o do novo secretário regional de equipamentos e infraestruturas. O que é que ele tenciona fazer depois de ser secretário regional? "Logo, no início planeia-se o fim".

Se ele não mudar os dirigentes (que até estão em fim de carreira), ninguém lhe deverá nada, pelo que ninguém o ajudará ... e os assediados, os postos na prateleira serão seus eternos inimigos. Essas substituições (que têm que ser imediatas) permitirão que muitos funcionários públicos, por ambição, queiram mostrar trabalho, e o informem das situações que ocorrerão ou ocorrem nessa secretaria regional.

Ninguém conhece este secretário regional, logo, não tem reputação. Para além da falta de conhecimentos sobre a função pública, não se conhece a sua arte política. Como oportunidade para começar a ganhar a confiança dos seus trabalhadores, tem a demissão do dirigente que permitiu o roubo de pedra. Se não o demitir, ninguém nele confiará. Será considerado mais um do sistema; mais um do bolso dos DDT; um banana que veio para se encher.

Quem é que eu nomeava para um cargo dirigente para ganhar a confiança dos trabalhadores e colocar em xeque todos os dirigentes? O "câncio". Resolvia-se uns quantos problemas: os dirigentes iriam temer o novo secretário, as publicações negativas iriam diminuir, sem falar nos benefícios anteriormente mencionados.

Enviado por Denúncia Anónima 
Sábado, 12 de Outubro de 2019 09:34
Texto e título enviados pelo autor. Ilustração CM.
Share on Google Plus