Ai o património!


Existe um diretor de serviços na Direção Regional do Património e Informática, que concentra em si, todos os contratos públicos, a gestão dos recursos humanos e a aquisição de todos os bens de consumos. A diretora regional, deu-lhe todos estes poderes para ter mais tempo para passear com o seu motorista em todos os eventos da agenda política do Governo Regional.

Factos. Mostrando pouca eficiência na arrecadação de receita, uma vez que não consegue vender nenhum dos imóveis que estão em hasta pública, do lado da despesa é muito eficiente, recorrendo a situações ilegais nos processos de expropriações, beneficiando alguns conhecidos.

O referido diretor de serviço, é responsável por tratar de todas as aquisições, almoçado e jantando com os fornecedores negociando tudo da forma que quer. As suspeitas de benefícios próprios já chegam a ser visíveis, este diretor mudou de carro, na mesma altura que um grupo de viaturas foram adquiridas pelo Governo Regional ao mesmo fornecedor e tendo a matrícula do seu carro próxima as que foram atribuídas às restantes viaturas. Coincidências.


A lista dos indícios de ilegalidade são vários, desde a falsificação de documentos, falsificação de notas de avaliação dos trabalhadores que em resultou processos que decorrem em tribunal e a perseguição desses mesmos trabalhadores.

Conseguiu a proeza de afastar dois dirigentes que não compactuavam com as suas falcatruas. E tudo isto irá continuar, sabem porquê? Eu vos digo, o Dr. Pedro Calado será novamente Vice-Presidente, logo manterá a Diretora Regional e tudo continuará igual ...

Finalizo com uma sugestão, Dr. Pedro Calado, traga de volta o Diretor Regional anterior, esse sim trouxe muita receita para o Governo Regional, tenho dito!

Enviado por Denúncia Anónima 
Terça-feira, 01 de Outubro de 2019 20:44
Texto enviados pelo autor. Título e ilustrações CM.
Share on Google Plus