Valha-me Deus


Começa a cheirar a alguma coisa e os vendidos entregam-se a uma nova era. A notícia de que um quadro menor foi arrebanhado pelo Cafôfo provocou um uso da situação como se de um grande nome se tratasse. Se ainda fosse um peso pesado, ou até um peso pluma mas credível mas, enfim. Quero lembrar ao Cafôfo que cão e gato não, que pense como foi com o Albuquerque. Eu não acho que os melhores se vão oferecer, ouço falar em vários directores regionais falados e não vai ser com esses vendidos que se vai mudar o estado de coisas na Região, esses estão a tratar da sua vida. O problema é que Cafôfo quer apoios depois de ter quinado muitos com aquele Sousa ao pé. Diz-me com quem andas, emprestar o nome a uma causa tem que ser credível meu candidato ...

Enviado por Denúncia Anónima 
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019 17:49
Texto e título enviados pelo autor. Ilustrações CM.
Share on Google Plus