O problema de Cafôfo


Nestas eleições vêem-se imensos cidadãos anónimos a fazer campanha para destronar o PSD-M. No entanto, Cafôfo não consegue capitalizar essa vontade geral; poucos são os que o apoiam. Esse é o problema de Cafôfo. As razões para essa descapitalização de forças existentes deve-se aos cidadãos pensarem que Cafôfo no Poder:
  1. Vai dar o benefício da dúvida a todos os tachistas laranja. Isso lhes permitirá manter o tacho. Com isso no máximo ganha uns 2 ou 3 votos e perde umas centenas de apoiantes interessados nesses tachos.
  2. Vai legalizar os tachos viciados para os laranjas. Vai aceitar as nomeações feitas à pressa nestes últimos meses, ou pior, vai os exonerar do cargo, fazendo com que tenham direito a indemnização. Logo, os madeirenses vão pagar a dois para fazer o trabalho de um, e demorará anos a fazer a mudança de paradigma. A única solução viável, rápida e justa é os expulsar da função pública por via legislativa.
  3. Vai escolher como secretários regionais indivíduos politicamente inexperientes, que não combateram pela legalidade democrática e que não sofreram a perseguição do PSD-M. Quem combateu o jardinismo, renovação e pelo próprio Cafôfo não terá direito a nada.
  4. Os contratos ruinosos para a região não serão anulados, pois Cafôfo não terá secretários de tomates para enfrentar os corruptos. Os cidadãos pensam isto pois Cafôfo em nenhum momento atacou frontalmente Albuquerque ou a corrupção laranja. Cafôfo está a tentar fazer uma campanha pela positiva… mas como poderá ele construir algo de jeito sem demolir o que está profundamente errado.
Enviado por Denúncia Anónima 
Domingo, 15 de Setembro de 2019 09:49
Texto e título enviados pelo autor. Ilustração CM
Share on Google Plus