O Eça vai votar Cafôfo e depois logo se vê


Estamos na recta final da campanha eleitoral, de muita parra e pouca uva, diga-me, o que foi que você memorizou ou levou a sério dos candidatos? Então está como eu!

Por aqui, no CM, noutras verdades que tive de dizer, sobretudo nas Europeias, vi que a maioria dos leitores do CM deve ser de esquerda e as minhas ideias não foram populares, porque apostei que a direita ia ganhar na Madeira nas Europeias. O problema é que acertei.

Eu não sei o que vai acontecer Domingo porque toda gente anda a jogar. Há os que dizem uma coisa e fazem outra, não querem dar bandeira de que são uns vendidos, a imagem acima de tudo. Depois há a enorme quantidade de dependentes que o PSD Madeira criou durante 40 anos e a isso adiciona o serviço de voto assistido que todas as assistentes sociais e militantes do PSD Madeira fazem no dia das eleições. Eles não vão lá meter a cruz mas levam as pessoas à porta com a conversinha feita. A CNE é uma certificadora de abusos do PSD Madeira. Ahh, a propósito, também sou a favor de não tirar cartazes depois da meia noite de hoje, para que haja consequências da vergonha interpretativa da confusão dos cartazes nas Europeias.

Há os interesses dos Donos da Madeira e seus empregados. Os do Futebol que talvez pensem em garantir os subsídios. Viva o futebol, morra à fome. Os Jurássicos do PSD-M e toda a filharada. Também há mais de 50% de Jornalistas vendidos que me enojam. O certo é que toda gente tem um motivo para olhar para o umbigo e lixa o colectivo.

Por outro lado, acreditar no Albuquerque é um acto de loucura atendendo ao que mentiu em 2015, o que foi o mandato e o descaramento de mencionar as mesmas propostas agora mas ... que desta vez é que vai ser. Já sabe, se você não for PSD é um grande idiota, na velha tradição do PSD de insultar todos, coisa que resulta em eleições. Parece. Dê-se ao respeito porque senão chamo-lhe nomes a ver se obtenho lucro.

Lembro que este Presidente do Governo é um fantoche desde as Autárquicas e ser candidato é um gozo total à democracia. Foi destituído pelo seu partido para pôr o Pedro Calado a mandar. Ao empregado do Avelino foram transferidos todos os poderes e vimos os abusos que teve com os dinheiros públicos. Eu acho que as contas do Governo estão um desastre à conta do histerismo do PSD em não perder.

Vimos também, pela primeira vez, a verdadeira cara do "quero mando e posso" dos Donos Disto Tudo, com o avarento do Presidente efectivo, o Avelino, a mostrar a lata que tem para gozar e mostrar que quem paga tudo é o madeirense. Por mim engolias a espetada com o pau de louro. Ele vai betonar e alcatroar a Madeira toda se for preciso, segue-se as Ginjas e você fecha a boca, quer queira ou não. Já reparou como os criados do Avelino não disseram nada no momento nem depois? Você elege e o Avelino manda.

Se você acredita que algo vai mudar está louco e se tem medo do Cafôfo para não ter do Albuquerque, que enriqueceu, você endoideceu. Vamos lá ver, você está pobre mas ilude-se com os presentes de campanha, perdoa ao PSD mas só a suspeição sobre Cafôfo já supera 43 anos disto? Interne-se!

Não é que goste do Cafôfo, vai precisar de uma boa equipa para brilhar mas talvez "Lisboa" e o PS, desejando de mostrar serviço aos madeirenses, se aplique para nos trazer mais prosperidade à algibeira, o que mais conta nesta altura, e serviços básicos a funcionar, como a Saúde e os transportes. Precisamos de uma OBRA SOCIAL.

Eu estou FARTO de guerras com Lisboa que não nos trazem nada! Andam uns a enriquecer com o orçamento regional, sempre com um pé em cima de Lisboa para não estragar o esquema. O contribuinte a paga e leva de bónus toda a gente a pensar que os madeirenses são iguais aos vândalos da verborreia do PSD Madeira. Caramba, só estamos para perder!

Vou votar Cafôfo para acabar com o PSD Madeira, depois logo se vê ... com 43 anos sem mudar a fralda do PSD Madeira eu não quero pensar na podridão que lá anda, se calhar a matéria viva está comprimida há tanto tempo que já é carvão e ... a era do carvão também já acabou, rua! Fralda nova.

Em Portugal quem emigra são os mais enérgicos e os mais rijamente decididos; e um país de fracos e de indolentes padece um prejuízo incalculável, perdendo as raras vontades firmes e os poucos braços viris."
Eça de Queirós
Mostre-me que não faz parte da citação!
Share on Google Plus