Estado da campanha vista por Anjo Gabriel


Eu tinha prometido a mim próprio que não voltaria a escrever no CM, mas como toda a gente volta atrás na palavra dada, também o faço e abro uma excepção hoje. No dia 22 de setembro temos eleições. Como eu, penso que vários madeirenses e porto-santenses, estão atónitos com semelhante campanha. De um lado temos um PSD que não renovou. O povo não sentiu mudança. Algumas coisas aconteceram com a entrada de Pedro Calado, de resto foi toda uma governação para os lóbis. A Renovação que o povo esperava, não era a de renovadinhos, era de políticas.

Do outro lado temos o PS, com o candidato independente, que governou a Câmara do Funchal durante 6 anos. Houve mudança na Câmara? Era esta a mudança que se esperava? Muitas trapalhadas, mas com uma diferença. Houve ocasiões em que a trapalhada era tanta que o sr independente soube ouvir e voltar atrás, também não tinha outra hipótese, ao contrário do Presidente do Governo Regional, um completo autista.

Já li o programa politico de alguns partidos, PSD, PS, JPP, Iniciativa Liberal e CDS. Os restantes que me perdoem, mas não perco tempo, mas já explico porquê. O programa mais real e exequível é o do JPP. Realmente os verdinhos seguem uma estratégia, sem demagogia barata, sem populismos, mas ainda não serão Governo, mas é o partido que mais tem fiscalizado o governo e mais medo mete ao PSD, além de terem uma Câmara governada de forma exemplar. Gostaria de ver o JPP aumentar o grupo parlamentar no dia 22 de setembro.

Em relação aos partidos pequenos. O PURP, MPT, PDR, PNR, PCTP/MRPP, RIR, é realmente um desperdício de votos numas eleições tão importantes como estas. Achei uma vergonha o debate destes partidos na RTP Madeira e senti até revolta. Cambada de alucinados. Não sei o que aconteceu ao Filipe do PDR, pois tinha um penso na testa e acho que foi com certeza por ali que o Tico e o Teco escaparam (os únicos neurónios que ele tinha). Então o senhor Filipe Rebelo propõe que se trate das listas de espera para cirurgia com medicinas alternativas, com Reiki? E que tal o povo começar a tomar cházinho para nem ficar doente?

Antes que o dr Rafael Macedo diga que não participou no debate, esclareço que mesmo sem o ouvir, coloco-o no “bando dos medíocres”. Os restantes partidos, correm sério risco de ver o grupo parlamentar reduzir ou desaparecer e falo da CDU, do PTP e do BE. A Raquel Coelho amadureceu para a politica. Gostei da entrevista na RTP. A Raquel tem boa presença, mas estraga tudo com as companhias e com a ***** dos cartazes com a mensagem “vamos caçar a rataria”. Pessoas que vivem na Ilha, que sempre viveram cá, ainda acham que temos pachorra para palhaçadas? É não entender nada do eleitorado. Correm o risco de desaparecer.

Quanto ao Aliança, ao Iniciativa Liberal e ao PAN, penso que somente o PAN será eleito e isto porque o egoísmo, o individualismo começa a crescer nesta terrinha. Há gente que se preocupa mais com cachorros e gatos do que com o próximo. O abandono dos animais aumentou com as medidas que foram aprovadas na Assembleia da República, porque não há políticos com coragem para explicar ao povo o porquê de ainda não ser possível não deixar de aplicar a eutanásia aos animais. Eu gostaria que todos os animais que estão abandonados fossem recolhidos e fossem esterilizados. Os cães e os gatos têm ninhadas grandes e enquanto não forem tomadas medidas neste sentido iremos continuar a ter mais e mais animais abandonados. E vão para a real **** que vos ***** com o SNS dos animais e a reconciliação com criminosos. A reconciliação eu farei com Deus e nunca com criminosos.

Como tenho muito tempo livre, tenho andado pela cidade e oiço falar e meto conversa com as pessoas para perceber as motivações. A frase que mais oiço: “se não der certo, daqui a 4 anos mudamos”. É realmente preciso ter coragem. O País e com o governo PS, BE E PCP não está melhor ao contrário daquilo que nos fazem crer. Com a chegada da crise económica a Portugal e julgo que será antes do final deste ano, ainda fico mais apreensivo com este tipo de discurso. É claro que mesmo sendo o PSD Madeira governo, a crise vai chegar e o que é que temos? Um país que não se preparou. Um País que preferiu receber falsos elogios sobre ser “o bom aluno da Europa”. Quem lutará pelos madeirenses? Os bons alunos do PS ou os maus alunos do PSD? Queremos mesmo um País inteiro governado pelos socialistas? Como disse o meu bom amigo Miguel Tristão Teixeira do CHEGA no debate de quinta feira passada, tenham juízo e acrescento Miguel, não é só o CDS que tem de ter juízo.

Anjo Gabriel
Enviado por Denúncia Anónima
Sábado, 14 de Setembro de 2019 13:35
Texto pelo autor. Ilustração e título CM
Share on Google Plus