Correio sentimental de uma ninfomaníaca


Querido CM, venho por este meio tentar resolver uma questão amorosa simples com quase duas dezenas de amantes. Com certeza qualquer correio deve ter quadros capazes de auxiliar, menos os do CTT, que põe qualquer velho ainda mais murcho sem reforma. Mas, ainda com dinheiro para a pastilha azul estão os do PPD, o que é feito dos perfis falsos do PSD no Facebook, esses amores não aparecem nos comícios? E aqueles que põe o dedo sempre na coisa para marcar votos nos inquéritos também não? Fico com o coração dilacerado por ver o meu querido PPD de rastos com tantos machos mal aproveitados. O que é feito daquele encantador de serpentes, o Jaimito, não discursa? Ele traria tantos votos. E o torrãozinho do Camacho, candidato lá para o rabo da lancha, agora está tímido? Que dizer daquele xuxu de sensual vozeirão tipo britadeira da AFA, o Rodrigues, porque não vem para palco seduzir o eleitorado? Eu ponho-me à frente nem é preciso chamar. Não te distraías do discurso sou uma loba a fazer gestos. E porque desde que seja para traçar, avança até fêmea, onde anda ebriante Leal e a corte feminina no por médio de 10 para um neurónio? Meu querido Trancada, vais a comícios ou ficas no carro? És meu favorito, rabo ao fresco não ajuda. Eduardo, meu amor, adianta-me a passagem e faz-me um filho na casa de banho de um avião, anda macho. Viril mesmo é a Nanda com aquele cabelo todo, arrepia-me a espinha. Não desmoraliza. E o querido forfoloto pimpinelo Paulinho Ataques desmedrou? O Governo não está assim tão perto? O que eu gostava de vê-lo na TV, molhava sempre as cuequinhas. Serginho meu querido, com um pé em cada lado ficas com o sexo muito exposto, modera-te que me levas à loucura. O "dorme no acto" parece que sempre vai à tua frente, azar. Oxalá que dê para dois. Adolfo, querido, és um todo-terreno, até investes ... na política. Prada, ai seu peste desvairado, não conto nada das nossas fantasias, arranja um tempinho, vá lá, não mordo, passa-te o stress meu vadio. Barrilinho de peluche do Porto Santo, upa upa, sempre em pé, rola e rebola, meu cilindro sexual. Um brinquedo que é um mimo. Wuaw Wuaw meu pastor alemão predilecto, põe-me de quatro anda, morde, huum, coisa mais linda cheia de graça com outro vozeirão que arrepia o co**ão ... ainda não estou completamente transformada, faltam duas operação mas o PPD não despacha a operação. Não vais embora querido ... Rui meu macho latino, só de te cheirar a líbido tresanda a dá cá o meu de carne sem osso, só penso num lugar fofo ... sem circunflexo. Jorge meu saneador faz-me a depilação, isso excita-me quando feito por um bom sa**na. Lava as unhas e arranha-me. Ai que para um dia só, às tantas, é muito acto, não contem a essas pindéricas dessas novatas que meteram no Governo, desavergonhadas, eu é que sou boa, dá-se palmada na nádega e não abana celulite, quem prova não larga. Para uma ninfomaníaca sem dúvida que não é preciso ver o programa eleitoral do PPD, basta ver esta carninha boa para traçar, oxalá que ainda chegue a tempo de gozar as fortunas. Pedro, despachas-me a operação ou não, tenho muito serviço pela frente.

Cunha Vais também ao castigo, anda que és da altura ideal, nham nham querido.

Enviado por Denúncia Anónima 
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2019 17:51
Texto e título enviados pelo autor. Ilustração CM.
Share on Google Plus