APRAM vai privatizar todos os serviços


A privatização total dos serviços dos portos na Madeira está em curso por forma a que o Governo Regional entregue a privados tudo livre de encargos. Há poucas semanas, a equipa de Lígia Correia foi contactar os sindicatos da área ao continente e levou como proposta indemnizar todos os funcionários para que abandonem os quadros da APRAM. O acordo consiste em avaliar os anos de serviço de cada funcionário bem como de quantos lhes falta até à idade da reforma e reduzir os quadros da APRAM aos que trabalham nos escritórios. Assim, a APRAM será um órgão passivo de mera gestão e desprovida de quadros com conhecimento na área, cabendo ao Privado contratar novos profissionais a preço de saldo.

Para quem é o negócio chorudo? Grupo Sousa ou Tecnovia? Por exemplo, se for ao Grupo Sousa elimina sem despesa os problemas que tem tido com os estivadores por não pagar nem dar condições de trabalho. Se for à Tecnovia é um filete para o senhor Ramos e companhia.

Como se não bastasse, estes últimos empréstimos do Governo Regional servem para comprar equipamentos e colocar tudo a funcionar para entregar ao futuro Privado. A operação de cruzeiros teve up-grade no Terminal da Pontinha para check-in e out. A Presidente da APRAM é uma ponta de lança, não está ao serviço da causa pública

Tudo isto foi preparado nas costas do madeirenses em período pré-eleitoral já a contar com o poder. Quanta certeza! Aliás vai ao encontro das despesas e decisões que não poderiam ser tomadas por um Governo de Gestão mas era urgente para que fosse a primeira bronca da gestão do PSD, logo no início do mandato, para que depois o povo se esqueça durante os 4 anos.

A nova situação de coligação em nada belisca as intenções do PSD Madeira já que o CDS Madeira também é conivente com a situação, como sabem, têm no grupo monopolista dos portos um grande patrocinador e a senhora Pocinho, um quadro partidário, para defender o Grupo no partido.

Fonte sindical.

Depois de mentir à comunicação social a senhora burla-nos. Ainda aqui vamos. Onde andam os jornalistas vendidos ao PSD-M a denunciar isto? Não têm vergonha na cara? Convém recordar sempre.
A democracia e a economia da Madeira estão a ser assaltadas pelo PSD-M há muito tempo e vai continuar com o CDS-M a participar. Tinham mesmo que saltar de alegria na noite eleitoral depois de passar o partido para menos de metade. Passaram-se só 3 dias das eleições e está bem fresco o que disseram antes. Podem ter a maioria absoluta e fazer todos os negócios nas nossas costas mas isto vai acabar mal. Não temos nem políticos nem governantes, temos ladrões que nada se importam com a coisa pública. Agora tenham medo do papão da Esquerda!

Link da Notícia
Não é por falta de utilização, é por incompetência! as verdades devem ser ditas!
Onde está um Inquérito Parlamentar para saber como se fez esta despesa de milhões para deitar fora?
Share on Google Plus