Albuquerque só defende os ricos

Link da Notícia
Vote e Vote contra o PSD-M Albuquerque “garantiu que é objectivo baixar ainda mais a carga fiscal para empresas e famílias, (…) almejando o governante baixar o IRC das empresas para o nível da Irlanda, 12%.”

Albuquerque diz querer baixar mais a carga fiscal


Os impostos sobre as famílias e empresas são: IRC, IRS e IVA. “O imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC) incide sobre os rendimentos obtidos, mesmo quando provenientes de actos ilícitos, no período de tributação, pelos respectivos sujeitos passivos, (…)”. Logo, só beneficia as empresas lucrativas. O IVA é imposto na aquisição de produtos e serviços. Imagine-se uma diminuição de IVA de 10%. Caso as empresas diminuíssem o valor de venda de seus produtos devido a esta diminuição (situação inusitada em Portugal), o custo dos produtos e serviços diminuiria 10%, e tal corresponderia a um aumento de cerca de 10% do rendimento das famílias. Quem recebe 200€, aumentaria em 20€ o seu poder de compra; quem recebe 600, aumentaria o seu poder de compra em 60€; e quem recebe 3000€ aumentaria 300€.

Como se demonstra, os mais ricos seriam beneficiados. Caso as empresas decidissem não baixar os preços de seus produtos e serviços, todo ganho com a diminuição de imposto iria para o empresário lucrativo … mais uma vez, os mais ricos seriam beneficiados. O IRS é o Imposto sobre o Rendimento de pessoas Singulares. Este imposto é escalonado: quem mais ganha mais taxa de imposto paga sobre o seu rendimento. Mais ainda cerca de 50% das famílias não paga IRS devido aos baixos rendimentos. Mais uma vez, baixar este imposto é beneficiar os ricos.


Quase 50% das famílias portuguesas não paga IRS


Concluindo, Albuquerque quer aumentar a desigualdade social. Se Albuquerque tencionasse beneficiar a generalidade da população iria defender: Educação completamente gratuita (incluindo livros e propinas de universidades públicas), Saúde completamente gratuita (incluindo consultas médicas em tempo útil nos centros de saúde e medicamentos gratuitos), transportes públicos gratuitos (incluindo os das crianças para a escola) e alimentação gratuita para todos os que frequentam o sistema educativo. Lembro que, na Europa e aqui em Portugal, o factor mais decisivo para o risco de pobreza é ter filhos. A Saúde não funciona bem, a Educação idem aspas, os transportes públicos não são gratuitos, e os pais pagam as refeições de seus educandos (quando podem)… e Albuquerque quer diminuir ainda mais o financiamento destes direitos para beneficiar os ricos. Se defende a igualdade de oportunidades e a diminuição da desigualdade social – Vote e Vote contra ao PSD-M!

Enviado por Denúncia Anónima 
Domingo, 15 de Setembro de 2019 22:08
Texto, título e links enviados pelo autor. Ilustração CM.
Share on Google Plus