A flor da vida e da morte


Nem todas as flores tem a mesma sorte, umas enfeitam a vida e outras enfeitam a morte.

Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

Por mais independente que a pessoa seja, ela sempre vai precisar do ar para viver. Sonhe com a vida, mas não perca a vida por um sonho.
Share on Google Plus