O Bom mesmo é Fugir!


Nada como dar razão a quem tem, e o Sr. Secretário Regional dos Equipamentos e Infraestruturas tem razão quanto à largura das margens do Domínio Publico Hídrico. É da Lei que “Nas Regiões Autónomas, se a margem atingir uma estrada regional ou municipal existente, a sua largura só se estende até essa via”, portanto a bola agora está do lado do Miguel Gouveia. Já agora, permita-me um pequeno aparte: desenmerda-te Miguel! 

Mas se o Sr. Secretário tem razão quanto às margens do Domínio Publico Hídrico, perde-a completamente quando tenta fazer piadas com fenómenos que não têm piada nenhuma e que em tempos idos ceifou muitas vidas humanas e provocou prejuízos de mil milhões de euros. 

E não é que o Sr. Secretário tenta fazer-se de engraçado ao afirmar no fim da entrevista que “(...)Se nós fossemos somar os riscos todos. Aluvião, Movimentos de massa, e Tsunami, a gente tem de sair da Madeira”

Então a solução é sair da Madeira? Genial! Que mente brilhante! Nada mau para um Secretário Regional que tem a responsabilidade da segurança das estradas, taludes e ribeiras. Mas o que mais me chocou na piada do Sr. Secretário foi a referência aos Tsunamis. Realmente os Tsunamis na Madeira são como as bruxas! Nunca vi nenhum, mas que os há, há, e o bom mesmo é betonar um muro de 10 metros à volta da Ilha para evitar os Tsunamis e já agora os tubarões. 

Mas sejamos justos outra vez. O Sr. Secretário não tem culpa das suas limitações, e aqui confesso, que a culpa não é só sua, mas sim do seu Assessor de Imprensa. Como é que a menina Assessora de Imprensa, paga a peso de ouro, deixa sair uma afirmação destas num Diário que tem a maior tiragem da madeira? Se ainda fosse no CM que ninguém lê, ainda vá! Que aconteceu à Assessora? Foi de férias? 

E por falar em Assessores, Conselheiros e Afins, das duas uma, ou o Sr. Secretário não ouve ninguém, ou os seus Assessores & Cia são uns nabos. Senão vejamos, na sua equipa oficial, e excluindo as duas secretárias jeitosas, aparecem sete ilustres, que custam uma pipa de massa ao erário público, e que ninguém sabe muito bem o que fazem. 

Sinceramente, e se ainda não reparou, há mais de um ano que o Sr. Secretário anda a levar porrada dos media e nenhum deles faz nada? Veja bem! São aqueles muros rupestres de pedras nas ribeiras. São as quedas de taludes que matam pessoas na Calheta. São as extrações de inertes ilegais nos Socorridos. É a porcaria do tal Estudo de Impacte Ambiental do novo Hospital que os sacanas dos Europeus lembraram-se de pedir. E já agora, e por falar em estudos, não se esqueça da Pontinha, não vá acontecer o mesmo que no Lugar de Baixo ou no Cais 8 e ser mais um aborto. Com tudo isto, a conclusão que se tira é que o Sr. Secretário, ou tem muito azar nas pessoas que escolhe, ou são todas cunhas que foi obrigado a aceitar. 

Engolir sapos é lixado, e sinto pena, porque conheço o Sr. Secretário desde os tempos em que era vereador inexperiente da CMF com os pelouros das Obras Publicas, Trânsito e Proteção Civil, e onde tinha convicções e visão sobre a gestão de obras na Madeira. 

Mas, e tudo o vento levou, e hoje o que se conta nos corredores da SREI, é que o senhor Secretário nomeia toda a porcaria que aparece porque não tem tomates para dizer que não aos seus pares, e o resultado da incúria está à vista! Nunca a SREI teve tantos incompetentes a mandar! 

Por tudo isto, dou-lhe outra vez razão: o bom mesmo é fugir da Madeira!

"A democracia muitas vezes significa o poder nas mãos de uma maioria incompetente"

George Bernard Shaw
Share on Google Plus