Um cubano difícil de aturar

Enviado por Denúncia Anónima
Sábado, 6 de Outubro de 2018 15:32
Texto, título e fotos enviados pelo autor.

Se tiver interesse peço publicação no CM. Obrigado amigos.

Ontem fui dar um passeio a pé para pôr a bilhardice em dia com um amigo continental, gajo porreiro, fizemos tropa juntos, está ai alojado num hotel perto do Savoy. Passamos por esse monstro que quase não se nota e já começou no gozo com as fachadas de arquitectura antiga para disfarçar o mamarracho que está atrás.

Fomos pela zona da Penha França, chegamos ao pequeno miradouro sobre o túnel do porto e descemos à Pontinha para depois abalar para o centro do Funchal. Sei o que a casa gasta (ele é um crítico) mas ontem foi uma atrás da outra. Pelo caminho foi tirando fotos e à noite mandou-me pelo whatsapp com uma que não estava à espera. (Peço que ponham como última imagem, intercalando os assuntos por favor).

Vou escrever mais ou menos as curtas conversas ou bocas que meu amigo mandou com aquele ar de quem não é daqui e pode dizer tudo.



Ao passar pelo mamarracho disse: - Isto não vai dar emprego vai reduzir, está farto de acontecer no Algarve. Para encher baixam os preços, enchem primeiro e depois os outros recebem as reservas quando sobeja. O preço manda em tudo e estes têm tudo, vão matar os outros. Depois os empregados dos outros hotéis vêm para este como medo que os seus fechem logo na primeira oportunidade e é assim que se precipita tudo. E vocês têm turistas para ter isto rentável? Vamos ver.

Ao passar pela Penha França: - Que integração excecional, quem passa ali em cima na Avenida do Infante não imagina que isto está aqui. Olha, o hotel vai secar o comércio à volta e depois vai comprar tudo isto por teta e meia, escreve. Até a capela vai ficar linda dentro do espaço do mamarracho. Quem fechou os olhos a este património, conta?



Chegamos ao miradouro e informei sobre o prédio do Ronaldo em construção que estava embargado e ele: - Embargado com este barulho de obras? Vocês são fantásticos. Depois de construído é como o dali de trás (Savoy). O rapaz só de mete em problemas agora? Aquela carreira não merece isto, oxalá se recupere, senão perde tudo o que amealhou.





Tirou os olhos do prédio e viu dois cartazes gigantescos na rotunda: - Um mente não é verdade? (E riu-se bem). Se um gajo vai à confissão, diz tudo mas depois não reza o castigo é o mesmo que não ter ido à confissão meu caro. É preciso o processo todo, assim a malta só ia às primeiras aulas do curso e trazia o canudo. O paspalho tem lata. Vai continuar este outra vez? E ainda tem mais aquele que não estava a ver, de facto também é um coito interrompido.

Entramos na Pontinha para ver a cidade de frente, correu sem observações até darmos a volta à bandeira para regressar, parou nos estacionamentos da APRAM e disse: - Está tudo explicado amigo, eles nem escondem, então não se evitava dois Conselhos de Administração juntos para dar "caca", era um para dois mas isto querem ser todos importantes que até se f.... .

Junto com as fotos chegou mais esta adulterada:



Isto agora é só cubanos a dar baile.

Obrigado CM
Share on Google Plus