O Tribunal de Contas vai passar a ter manifes à frente da porta?



Alguém hoje foi parcial e omitiu nas duas páginas de propaganda do GR (para além das viagens dos estudantes) em relação à Educação na Madeira. Alguém leu parcialmente o documento do Tribunal de Contas, jornalista ou Secretaria da Educação, para branquear as poucas vergonhas desta gente à frente da Educação na Madeira.

O Tribunal de Contas lida com contas não com políticas de Educação. Não se percebe como é que viu a parte pública, onde é preciso, cortar, cortar e cortar, e se esquece de dizer que é vergonhoso decrescer, na mesma, o número de alunos na privada mas os subsídios do Governo Regional destinados a estes andarem a crescer.

Se me disserem que no privado cresce o número de alunos, das duas uma, ou prova que a política do Governo Regional para a Educação Pública é miserável ou então, os subsídios são tantos que a escola privada não cobra. Será que vamos ver as elites a não pagar o ensino dos seus filhos na privada?

O que hoje intentaram foi justificar as perseguições do Governo Regional a professores e Directores de Escolas através do Tribunal de Contas. Se este Tribunal quer manter a honra que desminta porque, caso contrário, passa a ser agente político e vai entrar na equação desta aniquilação da Escola Pública com manifes à porta.

E mais, quero ver se vão pagar o que prometem aos professores, não há duas sem três até nas mentiras, é que concretizar, ou como dizem "cumprir", não é como nos cartazes do hospital em que ninguém se consulta, marca cirurgias nem entra no bendito mas já se tenta caçar votos do nada!

Precisamos de um Governo, neste manda toda gente, lobbies, empresários e os tribunais determinam as políticas.

Observatório das Redes Sociais
Perfil de Rui Caetano
26 de Outubro de 2018 16:09

Share on Google Plus