O Lacoste e a Lagartixa

Resultado de imagem para lacoste cartoon
Capitão Lacoste, ilustração futurista.
O CM teve acesso às reuniões preparatórias para o regresso de AJJ. 

No próximo congresso do PSD acontecerá uma alteração dos estatutos que permitirá a consagração de uma espécie de cargo de presidente emérito para AJJ. Ou seja, a consagração da continuação de quem deixou de trabalhar, que se aposentou, mas ainda recebe os salários ou bem feitorias do antigo emprego. Neste caso que continuará a destruir o único refúgio da direita em Portugal, beneficiando das mordomias em forma de influência e participação nas negociatas.  

Na verdade AJJ nunca desapareceu, o que provocará claramente o fim do PSD Madeira. Isto de ficar queimado é para os outros.

Ouvimos em tempos, alguém dizer que o PSD Madeira "estava mal enterrado, falta AJJ dar cabo do resto", se continuar a realizar o assalto e saque que vinha realizando deste 2000 até aos dias de hoje. 

AJJ foi descansar um pouco e regressa com a força de um Rio que nasce no mar, num mundo que gira ao contrário, tal como no poema. Hoje é perfeitamente percebido que foi um genial golpe de AJJ, ao deixar a Miguel Albuquerque a responsabilidade pela perda da hegemonia do PSD Madeira que AJJ, já previa. 

O CM relembra que Albuquerque colocou nas mãos de secretários tiranos, como Jorge Carvalho, a protecção e acolhimento nas suas equipas as pessoas da confiança de AJJ.

Basta ver quais os secretários mais destruidores de pessoas, carreiras e que perseguem quem se opõe às ideias e ao protagonismo egocêntrico daquelas figuras. Todos têm em comum a figura incontornável de AJJ.

O CM tem a informação que neste momento há uma intensa guerra nos bastidores dos partidos que pretendem ser Governo. Cheira a poder e todos os militantes, meliantes e afins, consideram que é legítimo assumirem o seu lugar na bancada da Assembleia Legislativa Regional, serem secretários, diretores regionais, etc, etc... Esta realidade será o fim da oposição e a vantagem do atual partido do poder, com ajuda de alguma bengala de partidos de vão de escada.

O CM tem sido informado repetidas vezes que Cafôfo, foge das responsabilidades como o "diabo da cruz", Por exemplo, os nossos leitores sabiam que sempre que há reuniões com empresários de maior calibre, Cafôfo abandona a sala de reuniões, deixando que seja o seu chefe de gabinete a tratar dos assuntos? Um autêntico manager da estrela Cafôfo.  Quanto será a comissão? Sobrará para quem depois?
Resultado de imagem para lacoste cartoon
Escolhemos quatro razões, por exemplo: 
  • Cafôfo, não se quer comprometer e "lava as mãos" dos jogos de negócios que permitem os Dubais, AFAvoys, Dários, etc, e outros menos conhecidos do concelho do Funchal, dando assim espaço para que aqueles possam agir sem problemas nos corredores da Câmara Municipal, utilizando as hordas de PSD's nomeados por Calado, Albuquerque e Leal, sedentos de gorjetas e oportunidades para lamber as mãos calosas dos empreiteiros.
  • Cafôfo, tem um comportamento de ejaculador precoce que ameaça e depois desaparece nas decisões mais quentes, deixando a Iglésias um poder de decisão sobre os negócios que nascem na cidade até às próximas eleições, "O Iglesias é quem canta de galo, o Cafofo nem levanta cabelo", comentam os empresários entre si, que não vale a pena se preocupar com o careca. "Quem decide é o Lacoste e não a Lagartixa".
  • Cafôfo, sairá da Câmara Municipal muito mais rico do era antes de entrar para presidente. Hábitos de empreendedor, sem dúvida que sim, utilizando um modelo de atuação já conhecido dos Socialistas, o tal famoso amigo que lhe irá emprestar os recursos para poder ter uma vida melhor. O amigo Iglésias entretanto tratará de tudo. O somatório de experiência é ou não uma riqueza?
  • Cafôfo, é reptício e sorrateiro, escondido nos bolsos de António Costa vai se safando, porque o hábito de fugir das perguntas, das responsabilidades, das decisões, dos problemas da cidade e do concelho, ficou bem expostos na forma como escapou às responsabilidades na tragédia da queda da árvore no Monte. Haverá um tempo em que deixará de funcionar.
A manipulação da opinião pública (... e talvez das provas) culminaram com a culpa a ser atribuída a outros donos: a vereadora e o chefe de divisão. Nada como sacudir a responsabilidade e não assumir o seu quinhão na culpa. Nem de forma solidária o consegue fazer. 

Perante estes decadentes candidatos, estamos a comprovar o fim de ciclo da história moderna e da Madeira Nova, a atual da Madeira. Será sem dúvida um ciclo demasiado lento se tivermos que aturar Cafofo e AJJ, e os seus escudeiros, Iglésias e JF Ramos entre outros. 

Há lagartixas com a mania que são Lacostes ... e nós continuamos do povo.

Eis bocage em luz algum talento;
saíram dele mesmo estas verdades,
num dia em que se achou mais pachorrento.
Share on Google Plus