Falando da Segurança Social


Enviado por Denúncia Anónima
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2018 16:21
Texto e título do autor. Ilustração CM.

Sinceramente é uma instituição que faz uma certa confusão. Não se percebe como é que funciona.

Temos um caso conhecido aqui na freguesia da Calheta que devia ser  investigado por um canal da televisão. Uma família com três filhos e o pai é deficiente.

Os pais foram acusados de maus tratos e de não serem bons para cuidar do filho diabético. O filho foi internado na Aldeia da Paz depois foi internado no Funchal. Lá conheceu um professor e passou a ir para casa do professor passar os fins de semana. Raramente ia a casa nas férias do Natal, fim de ano e  férias de verão. Quando vinha a casa dos pais dizia à família que era filho desse professor. Os pais não eram informados de nada, só o que o filho chegava a casa a dizer.

No verão passado nas férias quando estava em casa desse professor comprou motas e conduzia sem carta.  Pôs filmes no Facebook a conduzir e o professor estava la a ver e a filmar.

Acabou por ir viver para casa do professor e os pais souberam por ele. A instituição nunca disse nada aos pais.

Chamava o professor de meu querido padrinho e o professor mandava lhe mensagens,  que mostrava a toda a gente: para o meu filho mais querido do mundo que eu amo tanto.

As pessoas aqui viram fotografias do professor nu no Facebook e do pequeno também!

Ele ia contando algumas coisas que fazia com o professor e amigos dele, que deixam a gente a pensar, então a família era má e o professor é melhor?

Este rapaz foi apanhado 2 vezes a conduzir sem carta. Acabou por desistir da escola no Funchal, parece que bateu numa professora.

Quer dizer, tiram os pequenos das famílias porque estas não prestam, mas depois os professores e responsáveis ainda são piores!

Este professor tão amigo do menino tinha família, mas parece que pôs a família na rua de casa para fazer boa vida. São estes os exemplos e bons costumes que temos.

Depois de algum tempo ouviu-se dizer que o miúdo foi devolvido pelo professor, se calhar cansou se do brinquedo.

Como sempre estes ainda recebem prémios e o rapaz ficou sem nada. Sem estudos, sem família, nada.
Share on Google Plus