Palavra do Senhor

Eu penso que quando ouvem Tolentino arrepiam-se porque se lembram de um que cá faz falta para colocar a nível nacional a podridão da Madeira. Agora temos gente sem jeito a fazer figuras tristes, a da SIC, o do Público, o da TVI.

Mas isto é bom ensinamento para a Igreja que sempre levou o PSD ao colo enquanto este construía igrejas, algumas megalómanas de estética duvidosa.

Entre uma boa festa na Herdade para garantir a manutenção do emprego ou ficar em Lisboa já queimado a gozar as férias eis que surge um lapso, alguém notou não haver ninguém do Governo Regional.

A igreja que aproveite, agora com um Jornal da Madeira sua real propriedade, para começar a se distanciar da política, acabar com as quengas que vão ler a palavra do Senhor nas missas, o circo no adro e o padre vendido.

O compromisso da Igreja é com o povo, de fé ou que já a perdeu. Se continua na festa, ainda terá a concorrência da Semana do Mar, da Herdade, da Gastronómica de Machico ou então o padre será substituído por um DJ.
Quem em tudo quer parecer maior, não é grande."
Padre António Vieira 
Share on Google Plus