Libertinagem semanal

Como não tirar uma foto na Festa do PSD. Fotografo reprovado!




Enviado por Denúncia Anónima 
Sábado, 28 de Julho de 2018 20:02
Texto e título enviados pelo autor. Ilustração do CM.

Olá queridas e queridos

Tenho estado algo ausente desta coisa de escrever escárnios e mal dizer. Tal deve-se sobretudo à preguiça e à falta de talento literário. A silly season, que já teve início, entope-me os neurónios e, consequentemente, dificulta-me o pensamento para uma análise crítica com um mínimo de senso.

No entanto, as constantes diabruras, quer dos queques da Renovação quer dos inquilinos municipais, são tão estridentes e ruidosas que me impelem a voltar à pena e a vomitar algum ácido sobre a atualidade política regional.

Vamos então ao que me move:

i) A sondagem publicada DN Madeira de 27-07-2018 dá para todos os gostos: o PS regozija, atento ao post faceboquino do Iglésias, pois nunca teve tantas intenções de voto – parece que o empate sabe a vitória. Por outro lado, um amigo meu, (ainda) Renovadinho convicto, suspirou de alívio pois estava à espera de que o PS de Cafofo estivesse francamente à frente. O CDS de Rui Barreto (ou será do Rodrigues?) nem sequer serve para bengala única. Enfim …

ii) O abate das árvores na Rua do Bom Jesus inundou as redes sociais e fez proliferar os comentários dos habituais e dos inúmeros perfis falsos. Eu que não entendo patavina silvicultura até prefiro a dia rua assim mais arejada. No entanto, não entendo a estratégia política dos doutos municipais – Será que o Iglésias adormeceu no posto? – Sendo certo que ninguém decide o abate de árvores por “dá cá aquela palha” e sendo certo também que essa decisão iria inequivocamente provocar reações intempestivas, não seria prudente que a CMF, antes de executar a chacina arbórea, informasse, tintim por tintim, os fundamentos técnicos e científicos para tal operação? Um mero comunicado técnico evitaria o alarido dos agora fundamentalistas dos direitos das árvores.

iii) A sondagem de hoje do DN (29-07-2018) sobre as preferências para as Europeias traz à tona uma óbvia evidência: o pessoal quer mesmo pôr o Miguel Albuquerque a milhas. Já ninguém aguenta mais as suas quequices. O parlamento europeu seria uma saída limpa …

iv) O Secretário Amílcar mudou de visual e surge agora com um look algo aparvalhado. A minha vizinha boazona, ligada a essas trivialidades da moda & beleza, ditou já a sua sentença: o Secretário Amílcar deixou de dar um ar de engenheiro para se transformar num vulgar trolha da construção civil … tá tudo louco!

v) Afinal vou mesmo à Festa da Herdade. Terei de ter cuidado com os copos, pois os vapores etílicos poderão toldar o tino e me pôr a berrar com alguns dos políticos e a escarrachar-lhes nas ventas algumas das verdades sobres as suas evidentes incompetências e palermices. Cumpra-se a tradição.

Bom domingo
São Vicente, 29 de julho de 2018
O Libertino Anarquista da Fajã Nova



Felizes com o seu regresso! Pelo contrário, você escreve bem e tem humor na onda do CM.
Share on Google Plus